Pontal.Foto.Grafia : aqui redes em pânicos pescam esqueletos no mar


11/06/2007


Adoro em ti, essa universalidade poética. é intudiva, é dedutiva...é sempre louca e com nexo! Adoro essa viagem incansável por todos os lugares, pra fazer um verso! Poesia em tuas mãos é cachoeira constante...e mesmo sem tinta, e com a água da emoção, acaba virando letra, nos olhos da imaginação!
Já disse que você é o meu poeta favorito? Além de Quintana, de Drumond...e outros tantos. Agora é Artur, que descubro em mim! Beijo, meu amigo lindo!

 

Socorro Moreira

http://almadepoeta.com./fulinaima.htm

 

Escrito por artur gomes às 17h14
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

10/06/2007


Fauna & Flora

 

eu também sou de piancó

e pra você não canto em 

só canto em fá em mi em lá

e se estiver em sol

é só porque já fui de marte

vais me ver em qualquer parte

só porque fui margarida

jaguatirica cobra d´água

e noutro dia girassol

em teu jardim em teu quintal

lírio lama liz  do mangue

flor também do pantanal

 

Artur Gomes

http://arturgumes.zip.net

http://caldeiraofulinaimico.zip.net

http://almadepoeta.com/fulinaima.htm

 

Madrasta pode proibir enteada de ser cantada em verso e prosa ou prosa e verso?

Tema para o enredo da Mocidade Independente de Padre Olivácio para  o Carnaval de 2008.

entre e na comunidade da Mocidade IN Dependente e deixe a sua opinião.

http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=28920349

 

 

 

Escrito por artur gomes às 07h48
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Perfil

Meu perfil
BRASIL, Sudeste, CAMPOS DOS GOYTACAZES, Homem, Portuguese, Arte e cultura
MSN - artur.gumes@hotmail.com

Histórico